terça-feira, 8 de setembro de 2009

É ou não é?


O turista italiano de 40 anos que foi preso após beijar a filha de 8 anos na boca vai mesmo per­manecer no 2.º Distrito Po­­licial de Fortaleza até terça-feira. O advogado de defesa, Flávio Jacinto, entrou ontem com pedido de habeas corpus no TJ (Tri­bunal de Justiça) do Ceará na ten­­tativa de agilizar a saída do italiano antes do feriado. O pedido será apreciado só após a ma­­nifestação da primeira instância, na terça-feira.

O turista está prestes a completar uma semana no 2.º DP da capital cearense. Ele foi preso após um casal de Brasília afirmar à polícia que ele havia beijado a filha na boca e acariciado partes íntimas da garota.

A delegada Ivana Timbó, da Delegacia de Combate à Explo­ração de Crianças e Adolescentes (Dceca) disse que não identificou no depoimento da criança elementos que possam incriminar o pai.

Ví essa notícia hoje cedo, mas será que é verdade?Como é difícil julgar certas coisas... existem provas? filmagens? fotos? Ou estão se baseando apenas na acusação de um casal que "viu" a cena do pai acariciando a filha? Será que dá pra confiar no que esse pessoal diz que viu?
Será que estão expondo esse pai a um caso em que é inocente?

Pessoas que estavam no hotel não viram nada de "anormal" na relação pai e filha. Muitos pais dão "selinho" nos filhos.
A própria mãe da menina, negou as acusações... E agora heim?!

Qual sua opinião?

notícia retirada : http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=922029&tit=Justica-deixa-na-cadeia-italiano-acusado-de-molestar-a-filha

10 comentários:

Mitti disse...

Complicado opinar nesse caso mesmo. Como vc disse não há provas..não há vídeo, nem fotos...só depoimento de um casal.

Se a prisão for provada injusta..o governo brasileiro vai pagar caro por isso pode apostar.

Vamos aguardar a solução para o caso.

Gil disse...

Muito complicada mesmo essa história!!!! pra começar, como uma pessoa fica presa apenas com um depoimento? As pessoas não são inocentes até que se provem o contrário????

Xiiiiiiiiii, acho que ainda tem muita coisa que n foi contada por ai..

Bjuuuuuuuuuu p tu!

♥ Driii ♥ disse...

É um caso delicado Déia...
Mas olha, ele não estaria preso se não houvessem provas que justificassem a prisão cautelar.
Isso eu garanto!
Ontem vi, nesse sentido, um delegado afirmando que há provas de um possível estupro...Mas há também, muitas especulações!
Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos...

shaaa disse...

acho que ele eh inocente, o caso já vem repercutindo a dias e nada se descobre de verdade.até agora estão se baseando apenas no que as pessoas dizem que viram.

Maira disse...

Ai amiga se tem uma coisa que morro de medo é de "julgamento errado".....lembra do caso da escola "Base" de Brasília a anos atrás??????
Vamos aguardar o desenrolar do caso.

Andreza Canto disse...

pelo o que eu fiquei sabendo, nas filmagens do parque, em nenhum momento mostra ele fazendo isso que o casal disse!!
mas vamos esperar. o resultado!

Blog do Óbvio disse...

Déia, acho que tem pessoal especializado para checar se as informações são verídicas ou não. Mesmo assim, rola uma certa ansiedade na gente em função de proteger uma criança. A tal pedofilia está na mídia e vende muita notícia. Tem que ser um julgamento muito sério. Talvez você se lembre do ocorrido na Escola Basic em São Paulo. Não vou repetí-lo aquí porque é muito extenso. Em resumo, os donos da escola foram acusados irresponsávelmente de estarem fazendo barbaridades sexuais com os alunos (crianças). Houve separação de casais, destruição da família deles, foram presos, perderam tudo. Depois de algum tempo de cadeia, um jornalista (na época,se não me engano, da Folha de São Paulo) achou algumas evidências diferentes das que estavam no processo. Por conta própria investigou o caso (com sua equipe do jornal). Descobriu a verdade e o pessoal foi colocado em liberdade. Aí a gente pensa: Que bom, agora estão em liberdade! Mas, e as "sequelas"?!
Até hoje não conseguiram trabalhar em nada conforme o nível deles. A esposa de um deles até hoje não consegue sair na rua. O outro sócio é zelador de um pequeno prédio numa cidade do interior, separado da esposa, mora num quartinho, de favor. Então, antes de acabar com a vida de alguém, temos que ter muita certeza, né? Déia, um carinhoso beijo prá você. Manoel.

Juliana Migliorati disse...

Vixi Déia melhor nem falar nada! Beijo

Lucy disse...

Caramba eu desconhecia essa reportagem.
Ixa é difícil heim??

_Gio_ disse...

Se a acusação toda é baseada em duas testemunhas, dá pra ter dúvidas mesmo. Afinal, quantos pais e mães dão selinhos em seus filhos?

Só acho que o depoimento da mãe não quer dizer nada. Há muitas pessoas que, nesse tipo de situação, acobertam seus cônjuges ou parentes. É complicado julgar...

Bjo!