terça-feira, 16 de junho de 2009

Qual é o meu direito?


A polícia investiga se a explosão que deixou cerca de 20 feridos no fim da Parada Gay, realizada neste domingo em São Paulo, foi causada por uma bomba caseira ou um rojão.

A explosão aconteceu no Largo do Arouche, centro da capital paulista.

Até agora, a polícia sabe apenas que o artefato partiu de um apartamento. A maior parte das vítimas teve lesões leves.

Além dos feridos neste caso, outras pessoas foram vítimas de agressões durante o evento. Um homem de 35 anos permanece internado em estado grave, com traumatismo craniano.

saiba mais: http://tvig.ig.com.br/124993/explosao-de-bomba-na-parada-gay.htm


.
Você não precisa gostar,
Você não precisa, participar,
Você não precisa defender,

.
Mas você pode apenas respeitar.
Não é nada fácil falar sobre homossexualidade ou qualquer outro assunto que fuja dos padrões...
Não é fácil ver pessoas do mesmo sexo, fazendo demonstrações de amor, estamos mais acostumados e ficamos mais satisfeitos quando eles saem na "porrada", causando destruições...

.
Agora eu questiono, que tipo de pessoa, arremessa uma bomba de um prédio causando ferimentos em 20 pessoas que não fizeram nada diretamente a ela?
Que tipo de sentimento é esse que fere alguém ao extremo, ao ponto do indivíduo, levantar, preparar uma bomba e atirar janela abaixo?

Quem ela pensa que é? Melhor do que quem?

Homofobia ou qualquer outro tipo de preconceito é crime.

Se cada um cuidasse um pouco mais da sua vida e parasse de se importar com a vida dos outros, talvez....eu voltasse a acreditar no ser humano!

Saiba que, não sou gay, não estou defendendo, nem fazendo apologia...Não quero explicar, eu só quero entender...

E vc , o que acha? Heim?


Eu ía terminar, mas li algo que cabe aqui como uma luva no blog : http://algoacerca.blogspot.com/ e pedi autorização para o Gabriel , todo mundo precisa ler isso!

"É preciso buscar o equilíbrio", assim dizia meu sensei."Hoje, seu maior adversário é você mesmo. Use o que você aprendeu aqui para se tornar uma pessoa melhor e tornar melhor a vida daqueles que te rodeiam. Diante de uma injustiça, não se omita. Diante de um objetivo, não hesite. Diante de um sentimento, não despreze. Diante de quem quer que seja, respeite."

16 comentários:

Mô. disse...

"Viva e deixe viver", já disse alguém. Mas o ser humano insiste em se incomodar com a vida alheia e julgar tudo aquilo que é diferente de si. Mas será que o objetivo era mesmo atingir os participantes da parada gay? Que eu saiba, nunca houve agressões desse tipo durante essa manifestação ou então essa mereceu destaque.

É uma pena que isso aconteça.

Bjs

R.Vinicius disse...

É um fato complexo, e também muito ruim, visto que ninguém tem o direito de ditar normas morais quanto o que é certo ou errado na escolha sexual de alguém, ou em outra escolha que diz respeito apenas ao individul. Cada um tem direito apenas sobre si mesmo.

Abraço,

R.Vinicius

andreia inoue disse...

odeio gente preconceituosa,eh aquele negocio q vc falou:nao precisa apoiar se nao gosta,mais respeitar sim,todo mundo deve respeitar o espaco do proximo,e principalmente aceitar suas opcoes,seja la quais forem!!!

Alexandre Negromonte Filho disse...

Qualquer tipo de preconceito é uma merda. Vc não precisa gostar, nem apoiar, mas no mínimo respeitar...

bjus

Liciane disse...

É lamentável... Pena que existem pessoas assim, não tem um pingo de amor ao próximo, nem respeito...
Concordo 100% com as frases à cima, do blog do Gabriel.
As pessoas têm o direito de ser feliz da maneira que elas decidirem, não prejudicando ninguém que mau tem?
Muito bom post.
Bjss

Mariana Dore disse...

É verdade, tambem nao defendo, nem sou, nem nada... mas respeito. Não gosto de ver, mas fico na minha.
Que pessoa tão encomodada com a vida dos outros é essa?
Te varios por ai qnao chegam a esse extremo porque devem ter um pouco mais de juizo, mas que batem e espancam gays por todo o mundo...
Que grande falta de... sei la de que...

;D

_Gio_ disse...

E a pauta de hoje é justamente essa: respeito.

E o pior é pensar que foram pessoas das últimas gerações que fizeram isso. Nossos avós e bisavós que não estavam acostumados com isso, e muitas vezes acham o ato homossexual condenável, não atentam contra a vida deles, apesar de tudo.

E nós, que fomos criados na Nova Era, na era da informação, do esclarecimento, da quebra de tabus... Nós fazemos isso?

O que há de errado com o ser humano?

Janaína Oliveira disse...

isso é realmente triste. acho que uma pessoa para chegar a tal ponto deve ser muito infeliz consigo mesma, pq vc sabe como a felicidade alheia atrapalha né? e esse infeliz, mal amado ve pessoas do mesmo sexo tendo um relacionamento estavel causa inveja... enfim, também não sou gay, mas acho que todos temos direito, independente de raça, religião e opção sexual!
Post muito bom e desculpa falar sem parar aqui! haha bjão

fritadadigital disse...

Acho que todos já expressaram as obviedades nestes casos.

Tudo é questão de respeito.
Pela vida
Pelo direito do outro

E se acontece, é porque a situação clama por algo bem primitivo na cabeça fraca de quem se sente incomodado com a situação.

Resta saber se às vezes não é concorrência, uma vez que o instinto primitivo do animal é de defender o que é dele.

Agora se de nada servir, diria ao homofóbico o seguinte: pense do outro lado. Cada morto ou ferido, vira mártir, e ninguém ganha guerra nenhuma contra mártir.

Então, como já disseram: Live and let live...

Karen disse...

Concordo! Basta apenas respeitar, não precisa de mais que isso!

Beijos querida, e ah... MUITO OBRIGADO pela sua força constante. Faz a diferença pra mim. Mas corre lá pra você saber da maior. Acho que vai ficar tão surpresa quanto eu...

Beijos!

Hermilaine disse...

Amiga,tem um selinho pra você lá no meu blog.Espero que goste.Beijinho pra você!!!

Luana Inaudita disse...

Na verdade, aqui em São Paulo, em especial no centro da cidade, homossexualidade não é mais minoria há um bom tempo.
E infelizmente as pessoas 9inclusive jornalistas renomados) são muito ignorantes e relacionam os acidentes da parada com o fato de ser um evento Gay. Absurdo. Total e absoluto.

Fernanda disse...

respeito...
se as pessoas aprendesse a respeitar o próximo, as coisas melhorariam mto...
e, é verdade que somos nossos próprios inimigos!!!!
adorei esse blog...
^^
um beijãoooooooooo

Jairo Souza disse...

Pois é ne! Pessoas que desconhecem sues limites e não respeitam ao próximo... efim...!

Marcelo Paparelli disse...

Olha, acho que às vezes o lance não é o preconceito, mas um outro direito invadido, o de ter sossego em sua própria casa.
Eu mesmo já defenestrei ovos, gelo e outros objetos quando a bagunça estava debaixo da minha janela.
Que diga o dono do boteco aqui perto, onde antes era comum os "clientes" abrirem o porta malas pra ouvir música, que na minha opinião é da pior qualidade.

Tatiana Daré Zacchia disse...

Não preciso falar mais nada, só aplaudir de pé!
Bjs